Dúvidas sobre a integração do MySQL com Java – java mysql netbeans

Pergunta:


Estou criando um sistema no NetBeans, utilizando a linguagem Java e o banco de dados MySQL. Escrevi o seguinte código para realizar a conexão entre o programa e o banco de dados:

public class Conexao
{
private static final String DRIVER="com.mysql.jdbc.Driver",URL="jdbc:mysql://localhost:3306/banco_dados",USUARIO="root",SENHA="root";

public static Connection obter()
{
    try
    {
        Class.forName(DRIVER);
        return DriverManager.getConnection(URL,USUARIO,SENHA);
    }
    catch (ClassNotFoundException|SQLException ex)
    {
        JOptionPane.showMessageDialog(null,"Erro ao estabelecer conexão com o MySQL.");
    }
    return null;
}

public static void fechar(Connection c)
{
    try
    {
        if(c!=null)
            c.close();
    }
    catch(SQLException ex)
    {
        JOptionPane.showMessageDialog(null,"Erro ao fechar conexão com o MySQL.");
    }
}

public static void fechar(Connection c, PreparedStatement ps)
{
    fechar(c);
    try
    {
        if(ps!=null)
            ps.close();
    }
    catch(SQLException ex)
    {
        JOptionPane.showMessageDialog(null,"Erro ao fechar conexão com o MySQL.");
    }
}

public static void fechar(Connection c, PreparedStatement ps, ResultSet rs)
{
    fechar(c,ps);
    try
    {
        if(rs!=null)
            rs.close();
    }
    catch(SQLException ex)
    {
        JOptionPane.showMessageDialog(null,"Erro ao fechar conexão com o MySQL.");
    }
}
}

Para a classe Usuario, criei a classe UsuarioDAO. Ainda vou criar métodos para leitura, edição e exclusão.

public class UsuarioDAO
{
public static void inserir(Usuario usuario)
{
    Connection c=Conexao.obter();
    PreparedStatement ps=null;
    try
    {
        ps=c.prepareStatement("insert into usuarios(nome,senha) values(?,?)");
        ps.setString(1,usuario.getNome());
        ps.setBytes(2,usuario.getSenha());
        ps.executeUpdate();
    }
    catch(SQLException ex)
    {
        JOptionPane.showMessageDialog(null,"Erro ao inserir dados no MySQL.");
    }
    finally
    {
        Conexao.fechar(c,ps);
    }
}
}

Em relação às classes acima, tenho as seguintes dúvidas:

  1. É necessário criar a classe Conexao e as classes DAO manualmente ou existe alguma funcionalidade no NetBeans que possa configurar a conexão do programa com o banco de dados utilizando um formulário ou algo do tipo?

  2. É necessário abrir e fechar a conexão sempre que for fazer uma consulta ou alteração no banco de dados? Por quê?

  3. É necessário criar três sobrecargas do método fechar na classe Conexao? Por quê?

Autor da pergunta Marcelo Henrique Bittencourt

Comunidade

  1. É necessário criar a classe Conexaoe as classes DAO manualmente ou existe alguma funcionalidade no NetBeans que possa configurar a conexão do programa com o banco de dados utilizando a interface gráfica?

Fazer a interface gráfica conhecer o banco de dados ou vice-versa é uma má prática de programação, pois vai contra o padrão MVC. O motivo é que detalhes do banco de dados são coisas do seu modelo, ou seja, aquilo que modela os dados da sua aplicação e as regras de negócio. Assim sendo, o modelo não deve estar poluído com lógica de exibição/apresentação desses dados. Portanto, aqueles JOptionPane.showMessageDialog dentro do DAO é algo ruim de se fazer.

A base de dados é algo que está na base do modelo, provavelmente em uma camada abaixo da de serviços e regras de negócio e encapsulada nele. Se o modelo expor o acesso ao banco de dados diretamente para a camada de visualização, isso indica uma quebra do encapsulamento, o que implica em uma arquitetura ruim. Assim sendo, a interface gráfica não deveria acessar o seu banco de dados diretamente sem ser por intermédio do modelo.

Entretanto, se você quiser usar alguma geração automática de DAOs no Netbeans, pode dar uma olhada nesse plugin: http://plugins.netbeans.org/plugin/60454/sql-dal-maker (nunca usei, então não sei se é bom).

  1. É necessário abrir e fechar a conexão sempre que for fazer uma consulta ou alteração no banco de dados? Por que?

Não é realmente necessário, mas controlar isso de forma adequada é algo significativamente trabalhoso. Recomendo você sempre abrir e fechar a conexão por segurança e só pensar em reutilizar conexões quando já for bem experiente em Java, pois é muito fácil fazer besteiras com isso.

  1. É necessário criar três sobrecargas do método fechar na classe Conexao? Por que?

Não é necessário. Use a sintaxe try-with-resources:

public class UsuarioDAO {

    private static final String INSERIR_SQL = 
            "INSERT INTO usuarios (nome, senha) VALUES (?, ?)";

    public static void inserir(Usuario usuario) {
        try (
            Connection c = Conexao.obter();
            PreparedStatement ps = c.prepareStatement(INSERIR_SQL);
        ) {
            ps.setString(1,usuario.getNome());
            ps.setBytes(2,usuario.getSenha());
            ps.executeUpdate();
        } catch (SQLException ex) {
            // A fazer: Não misturar lógica de apresentação com lógica de banco de dados.
            JOptionPane.showMessageDialog(null, "Erro ao inserir dados no MySQL.");
        }
    }
}

Com a sintaxe do try-with-resources, o compilador insere por conta própria um bloco finally que fecha todos os objetos que são abertos no início do try (na parte entre os parênteses). A finalidade dessa sintaxe é exatamente a de livrar o programador da necessidade e da complexidade de fechar explicitamente os recursos abertos. Para entender mais, veja essa minha pergunta e a sua resposta.

E aqui vai a sua classe Conexao revisada:

public class Conexao {
    private static final String URL = "jdbc:mysql://localhost:3306/banco_dados";
    private static final String USUARIO = "root";
    private static final String SENHA = "root";

    public static Connection obter() throws SQLException {
        return DriverManager.getConnection(URL, USUARIO, SENHA);
    }
}

Na classe Conexao, o Class.forName(DRIVER) não é mais necessário a partir do Java 6. Entretanto, se quiser preservá-lo por algum motivo, inclua isso na classe também:

    private static final String DRIVER = "com.mysql.jdbc.Driver";
    static {
        try {
            Class.forName(DRIVER);
        } catch (ClassNotFoundException e) {
            throw new ExceptionInInitializerError(e);
        }
    }

A inicialização deve ser feito idealmente quando a classe é carregada, e se isso der errado, a aplicação está irremediavelmente quebrada (erro de classpath).

Além disso, o método obter() não deve tentar tratar o SQLException, e sim relançá-lo para que ele seja tratado em outro lugar. E retornar null ali é uma péssima ideia, é pedir para ter um NullPointerException depois.

Fonte

Related Posts:

Qual a diferença entre AppCompatActivity e Activity? – android android-activity
Pergunta: Qual a diferença da AppCompatActivity para Activity ? A partir de qual versão a AppCompatActivity foi adicionada ao Android? Autor da pergunta Luhhh A diferença reside ...
Como abreviar palavras em PHP? – php string
Pergunta: Possuo informações comuns como nome de pessoas e endereços, e preciso que elas contenham no máximo 30 caracteres sem cortar palavras. Exemplo: 'Avenida Natalino João Brescansin' ...
Qual é a finalidade de um parêntese vazio numa declaração Lambda? – c# expressões-lambda característica-linguagem
Pergunta: Criei um exemplo de uma declaração Lambda sem argumentos, entretanto, estou com duvidas referente a omissão do parêntese vazio () na declaração. Veja o exemplo: class ...
Boas práticas para URI em API RESTful – api rest restful
Pergunta: Estou com dúvida em relação às URIs de alguns recursos da api que estou desenvolvendo. Tenho os recursos projetos e atividades com relação 1-N, ...
Qual é a finalidade da pasta Model do framework Inphinit? – php inphinit
Pergunta: No Inphinit micro-framework existe a pasta Model que fica dentro da pasta application, e nela é onde ficam as classes, mas eu estou muito ...
Uso do ‘@’ em variáveis – javascript typescript coffeescript
Pergunta: Vejo em algumas linguagens que compilam para javascript, como TypeScript e CoffeeScript, o uso do @ em variáveis, como também, casos em que o ...
Qual tamanho máximo um arquivo JSON pode ter? – json arquivo
Pergunta: Vou dar um exemplo para conseguir explicar minha duvida: Preciso recuperar informação de imagens vindas de uma API, esse banco de imagens me retorna JSON's ...
O que é Teste de Regressão? – terminologia engenharia-de-software testes
Pergunta: Na matéria de Teste de Software o professor abordou um termo chamado Teste de Regressão, isto dentro da disciplina de teste de software. Sendo ...
O que é um construtor da linguagem? – php característica-linguagem
Pergunta: Em PHP, já li e ouvi várias vezes a respeito dos Construtores da Linguagem. Os casos que sempre ouvi falar deles foi em casos ...
Função intrínseca para converter numérico para string – cobol
Pergunta: Estou a tentar saber se existe alguma função intrínseca do COBOL para converter um data numérico para string sem precisar usar a cláusula REDEFINES: ( ...
Porque usar implements? – java android
Pergunta: Qual a diferença entre usar btn.setOnClickListener(new OnClickListener() { e public class MainActivity extends Activity implements OnClickListener{ Estive fazendo um curso de Android e meu professor falou que ...
O que é XHTML e quando deve ser usado? – html xml xhtml
Pergunta: O que eu sei é que o XHTML precisa ser XML válido. Isso implica, por exemplo, que todas as tags precisam ser fechadas. Por ...
Uma placa aceleradora de vídeo pode melhorar o desempenho não-gráfico? [fechada] – desempenho
Pergunta: Para desenvolver em Ruby on Rails, eu utilizo aqui uma máquina virtual do VirtualBox com Ubuntu Server 14.04 sem interface gráfica instalada. Recentemente descobri uma ...
Concat() VS Union() – c# .net
Pergunta: Qual a diferença entre Concat() e Union() ? Quando usar Concat() e quando usar Union() ? Somente pode ser usado em list ? ...
Como usar randômico no C++? – c++
Pergunta: Gostaria de um exemplo da utilização do randômico no C++, pois preciso utiliza-lo mas não sei como funciona. Autor da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *